História Cupons de Descontos

A palavra cupom foi adaptada do francês couper que significa cortar. Ela apareceu no dicionário inglês pela primeira vez em 1822. Os cupons de desconto ficaram conhecidos em 1887, quando o magnata Asa Candler usou, como estratégia de marketing para o lançamento da Coca-Cola, a distribuição de vouchers impressos em revistas, que podiam ser trocados por refrigerantes grátis em stands de venda. Esta estratégia, considerada agressiva na época, foi um dos fatores que resultaram no sucesso posterior da marca. Esta foi a primeira vez na história em que se teve notícia de cupons usados de forma efetiva para atrair clientes e expandir as vendas de um produto.

Nos anos 1930, o uso de cupons se espalhou durante a Grande Depressão Americana, por pessoas que buscavam encontrar cereais e outros produtos que estavam em falta no mercado. A partir das décadas de 40 e 50 grandes redes de supermercados e lojas de eletrodomésticos passaram a utilizar os cupons sistematicamente alcançando mais da metade das famílias americanas na década de 60. Hoje a cultura dos cupons em países como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Reino Unido é tão comum que existe até mesmo um programa de TV no canal TLC chamado "Extreme Couponing" que mostra a rotina de pessoas que fazem de tudo para conseguir acumular cupons para comprar produtos com desconto. No Brasil o programa é exibido no canal Discovery Home and Health.

A cultura de cupons nos mercados e lojas no Brasil não decolou por que nos anos 60, 70 e principalmente nos anos 80 a inflação alta, inviabilizava a oferta de cupons de desconto, uma vez que a economia oscilava e os preços mudavam quase que diariamente. Desde o final dos anos 90, o comércio eletrônico aumentou significativamente a popularidade dos cupons de desconto, se tornado uma ferramenta indispensável para muitos compradores. Segundo o Ibope Media o número de usuários na internet atingiu a marca de 105,1 milhões de pessoas no segundo trimestre de (mais de 50% da população) que movimentou, segundo a Câmara de Comércio Eletrônico, cerca de R$ 30 bilhões de reais no Brasil em 2013 – crescimento de 25% em relação ao ano de 2012.

Os cupons de descontos são parte da vida dos internautas e mais do que nunca tem sido usado como uma chamariz de empresas que desejam aumentar suas chances de vendas no comércio eletrônico. O modelo de negócios se baseia no sistema de distribuição de cupons de descontos para determinados produtos ou até para toda uma loja.

Referência: wikipedia

Hoje o Cupom de Desconto se tornou algo obrigatório para quem vai comprar pela internet. A cada dia mais e mais pessoas estão descobrindo que é possível economizar muito comprando nas melhores lojas online de forma segura, prática e descomplicada.